Visita ao MAX e Museu do Cangaço

No sábado, 11 de novembro, os alunos dos 7º’s e 8º’s anos do Ensino Fundamental II do Colégio Montessori fizeram um passeio cultural e pedagógico em Canindé/SE para conhecer o MAX, Museu Arqueológico de Xingó e o Museu do Cangaço em Piranhas-AL.
 
Criado no ano 2000, o MAX nasceu com o objetivo de pesquisar, preservar e expor o patrimônio arqueológico de Xingó. O Museu é gerido pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), e recebe anualmente diversos visitantes para conhecer o seu acervo.
 
Já o Museu do Sertão, também conhecido como museu do cangaço, está localizado no centro histórico de Piranhas, na antiga Estação Ferroviária. É um museu muito pequeno com pouco material, mas vale uma visita para saber um pouco mais da estória do bando de Lampião.
 
A cidade de Piranhas é uma atração à parte. Com um dos conjuntos arquitetônicos mais conservados do país, recebeu o título de Patrimônio Histórico Nacional, concedido pelo IPHAN. Além dos museus, a cidade possui mirantes, igrejas, centro de artesanato, e várias outros atrativos que transformam a cidade em dos destinos turísticos mais visitados do Nordeste. Confira as fotos deste passeio.

Galeria de Fotos
 
Suzana Lima
ASCOM